segunda-feira, 30 de junho de 2014

Não me deixem sozinha com as crianças hoje...


Depois da bela noite que a minha rica filha me deu ... também estou tentada a despachá-la para qualquer lado!!! Como é que se faz, expliquem-me lá...é que eu oiço imensas mães...' ah e tal o meu dorme das 8 às 8   e as vezes mais' e eu não entendo como...O G. nunca, NUNCA, dormiu uma noite inteira seguida em quase três anos. Ainda ontem fomos para o baptizado e ele não dormiu a sesta estava super casando e depois até dormiu... 10 minutos até chegarmos a casa e depois só as 22h,  acordou às 4 da manhã  para beber água... e foi uma excelente noite para ele...Já ela...perdi a conta...
Portanto, expliquem-me, mas assim como se eu fosse mesmo burra como é que faço para as eles dormirem assim vá só seis horinhas seguidas, sem interrupções, sem choros, sem casa-de-banho, água...e afins. Sim, porque claramente eu devo estar a fazer qualquer coisa mal


G., olha o que tenho aqui


Panamá: Timberland 
Calções : pó de talco 

sexta-feira, 27 de junho de 2014

A piada mais seca e mais antiga do mundo....

EU: Bom dia, queria um café, se faz favor...
EMPREGADO: Queria? Já não quer?
EU: (a revirar os olhos) Urggggg...

Actualizem-se...sejam criativos!

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Saldos e outlets

Com o Verão aí (embora não pareça) chegam finalmente os saldos e os outlets das marcas que mais gostamos. Hoje foi dia de visitar mais uma vez Famões, essa bela localidade, para o outlet da Knot. Voltou a valer bastante a pena. Veio um boné, t-shirts, calções e uma camisa. No total, nem 50 euros foram gastos.



Este fim-de-semana há também Private Sales na Chicco, em Queluz. A mega confusão destas private sales faz com que só lá vá mesmo quando preciso de alguma coisa de puericultura, o que não é o caso desta vez. Mas para quem precise de carrinhos, cadeirinhas de papa, cadeiras para o carro ou espreguiçadeiras, é de aproveitar!

Boas compras!

quarta-feira, 25 de junho de 2014

E quando o telemóvel toca...

E é da escola! Ficamos a olhar para o visor e assim numa fracção de segundos o coração pára. Se a escola está a ligar é porque aconteceu alguma coisa. Depois deste momento freeze atendemos atabalhoadamente e sem muita paciência para é da escola X, é a mãe do Y... Sim, sim...diga lá o que aconteceu....E o que aconteceu é que o meu traquinas bateu com a cabeça e abriu o sobrolho (está cada vez mais aventureiro, não tem medo de nada...é o que dá) e precisava de ir ao hospital...se queria que fossem elas a levar ou eu ia buscá-lo. Claro, que ainda ela não tinha acabado a frase já eu estava a desligar o computador e a levantar-me da secretária.  Cheguei lá e encontrei o meu menino assustado...estava calado e tenso...agarrou-se a mim e disse que queria ir comer papa. No olho, tinha um corte, não muito grande, mas profundo, ainda a escorrer sangue. Depois de comer...lá viemos embora e começou a tentativa de tentar descomprimir...ele e eu. Chegámos às urgências e já estava fino...super bem disposto, a cantar, a meter-se com o meninos, a subir para a mesa e as cadeiras da sala de espera...toda uma animação. No consultório portou-se como um homem, deitou-se sem reclamar na marquesa e só chorou quando lhe puseram a cola e um penso.  Está tão crescido,  já não é aquele bebé que só de se aproximar do consultório da médica desatava aos berros. Ontem, parecia um bicho, o olhou inchou imenso e quase não se via, hoje está melhor, já não está inchado mas tem a sobrancelha roxa (parece sombra). Ele está bem disposto e ao que parece não lhe dói...é o que interessa. Boa semana para vocês.

Dispensador de bebidas

Nunca tinha visto, mas descobri isto hoje num blog e achei fantástico. Um dispensador de bebidas, giro e com ar super prático. Faz um efeito fantástico numa festa ou num jantar de amigos.

É da Docinho de Açúcar. Tem loja online e acessórios para cozinha e festas e afins super giros. Não é muito barato (55 euros), mas dá para 12 litros!!!!

terça-feira, 24 de junho de 2014

Mimo pela manhã

Ele é um terrorista irrequieto, mas também é super carinhoso e cheio de miminhos.

Esta manhã, depois de ter saltado para a minha cama, o pai levantou-se para ir trabalhar e perguntou-lhe se queria ir com ele. Resposta do R:

- Não pai. Quero ficar na cama agarradinho à mãe!

Se isto não é a coisa mais maravilhosa do mundo, não sei o que é.

segunda-feira, 23 de junho de 2014

As mães e as empresas

Já aqui disse que admiro a Catarina. O texto de hoje, sobre as empresas que obrigam mães a assinar documentos onde se comprometem a não engravidar, é a prova de que tenho razões para isso. Concordo da primeira à última linha. 

"Li que uma empresa obrigava as mães a assinar um documento onde se comprometiam a não engravidar. Eu entendo a empresa em questão porque isto de ser mãe é uma gigantesca limitação laboral.
Uma mãe deve gozar todos os meses possíveis de licença de maternidade. Uma mãe deve ter direito a horário reduzido que lhe permita continuar a amamentar, ou simplesmente ser ela a dar o biberão e ainda ter tempo para brincar com o(s) seu(s) filho(s). E depois deve sair a horas de ir buscar os miúdos à escola e ainda empurrar o baloiço com luz do sol, antes de irem comprar fruta para o jantar que vão preparar juntos.
Já lá vão seis anos de horário reduzido e venham mais seis porque uma mãe deve fazer os trabalhos de casa com o(s) seu(s) filhos. Ouvir as primeiras palavras, as primeiras leituras em voz alta, dar um abraço depois da primeira conta de multiplicar. Uma mãe deve assinar os testes com tempo para olhar para eles. E respirar fundo enquanto conversa sobre a zanga com o melhor amigo, ou com o primeiro amor.
Ainda pior que o horário reduzido são as faltas: nenhum mimo cura a varicela como os beijos de mãe, e há as febres do inverno, as gastroenterites do ano inteiro, aquelas que precisam da mão da mãe a apoiar a testa.
Mas, esta empresa, que obriga as mães a assinar um documento onde se comprometem a não engravidar, e todas as outras que o fazem de forma "chantagista", assumida, encoberta ou por sugestão, gostava que soubessem que as mães trabalham em seis horas o que outras pessoas não fazem em dez. Gostava que soubessem que se as deixassem trabalhar a partir de casa produziam o triplo. Gostava que soubessem que os neurónios que os filhos queimam se transformam noutros cheios de criatividade e soluções. As mães, que podem faltar com a tranquilidade dos filhos que querem cuidar, regressam igualmente tranquilas e até agradecidas, com vontade de compensar por tudo o que ficou por fazer.
A essas empresas - acho bem que avisem antes para que fujamos delas, em vez se sermos sujeitas a processos de assédio terríveis até ao desespero que nos leva a deixar o emprego em vez de as obrigar a infringir a lei - aconselho a arranjar um documento igual para futuros pais. Porque aquele parágrafo onde escrevi mãe pode ler-se igualzinho para cada pai. E os homens, cada vez mais, sabem disso.

Jornalista e autor do blog Dias de uma Princesa"

Diálogos no carro...

Depois de uma vista à May Mom:

G: Mãe, a P (Ema ) é (abre os braços) lhande (grande)
EU: Ai é. ela é grande?
G: Muuuuitooo
EU: E tu?
G: Eu sou lhaaande
EU: Quem é pequeno? (ele dizia sempre que era grande e a ema pequena)
G: o bebé Icardo (Ricardo) é pique (pequenino)


sexta-feira, 20 de junho de 2014

Festa da criança

Amanha, no Terreiro do Paço, com insufláveis, pipocas e.... Gelados Olá de oferta. Basta que o Verão  desista de se vestir de Inverno! 


quinta-feira, 19 de junho de 2014

Só para dizer que...


Já temos um dente. Rompeu hoje... Aos 7 meses e meio... 
 
Ah e temos cada vez mais caracóis e a minha mãe está a ver o caso mal parado...

Já fomos à praia e vestimos fato de banho a rigor...

Está cada vez mais simpática, mas menos dada. Ri-se para toda a gente, mas não saí do meu colo. E grita quando quer estar comigo e tem de ir ao colo de outra pessoa. 

Está a ficar um bocado chata para dormir e acorda imensas vezes à noite para mamar... Igual ao irmão... Até já oiço o recado da pediatra 'ela já não precisa de mamar durante a noite'.















E viva o Rei!

Gosto de histórias de reis e princesas... destes dias a fazer lembrar os contos de fadas. Do príncipe e da plebeia. Da menina que um dia vai ser Rainha. Gosto.









terça-feira, 17 de junho de 2014

Começar 'bem' o dia é...

Chegar à garagem e percebermos que deixámos a chave do carro na mochila do nosso filho, que já está na escola...Palmas para mim!

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Os comentários aos jogos...

Tiram-me do sério...Como é que alguém que viu o jogo é capaz de dizer que perdemos por causa do árbitro???  Vá... eu até posso concordar que a arbitragem foi um pouco hostil para o nosso lado, mas e daí? Estávamos lá para jogar e não para ser os meninos queridos do senhor do apito... Jogámos mal, levámos um banho de bola do caraças... e por isso perdemos.  Ponto final. Não acho que esteja tudo perdido, não está...por isso párem de choramingar e arranjar desculpas para a fraca exibição e bola para a frente que vem aí o Gana e os EUA e temos de ganhar!

Hello Baby Ricardo!!!

Olá GossipMommies e GossipLeitoras! Baby Ricardo já está cá fora!!! Nasceu dia 5 de Junho e estamos todos in love :) principalmente a mana V. que não o larga nem por nada e está sempre a falar com ele! Estes dias têm sido uma aventura. Umas vezes tudo sob controlo outras um stress! Normal quando falamos de recém nascidos. 
Aqui fica uma foto ainda na maternidade, no dia em que nasceu...


E outra em casa uma semana depois, com a mesma roupinha :) 


Uhmm tão fofinho :) mas eu sou suspeita! Bjs


Sete anos in love with you

São mais de sete, é uma verdade! Mas há sete disse-te que "Sim!"e tu respondeste igual em resposta. Felizes para sempre!


sexta-feira, 13 de junho de 2014

Tatuagens

R - mãe, quando eu for grande, vou ter riscos nos braços. 

Eu - riscos? 

R - sim mãe, como aquele senhor ( e aponta para um homem com o braço todo tatuado)

Eu-não vais não! 

R - porquê?

Eu - porque a mãe não gosta. 

R - mas eu gosto!!!

Parece que vou ter uma vida dura, em especial quando ele chegar à adolescência! 

segunda-feira, 9 de junho de 2014

O G. descobriu o perna de pau...

E está viciado... É tão engraçado, como ele demora muito tempo a comer, o gelado derrete e por duas vezes já caiu ao chão. Ele fica com um ar tão desconsolado: "mamã patiu, o pé pá patiu".


Porta dos Fundos - EU VOU!

Da última vez que ele cá esteve, já não consegui bilhetes. Mas desta, já não deixei passar nem um dia. Bilhetes para o Fábio POrchat, da Porta dos Fundos, no dia 2 de Julho, no Campo Pequeno: COMPRADOS!!!!

Deixo-vos uma amostra do que podem esperar:


sábado, 7 de junho de 2014

R: o vilão

Qualquer miúdo gosta de ser o herói da história, certo? Não, errado! O R. quer sempre ser o mau. Agora anda viciado nos episódios do Dartacao. Mas quando imita as lutas de espadas e pede ao pai que brinque com ele, já sabe bem o que quer. 

- pai, tu és o Dartacao e eu sou o Bigode Preto!

Ao que parece é um cavaleiro qualquer de um dos episódios que luta com os mosqueteiros. 

Mas não é só aqui. No Jake e os Piratas, quem quer ele ser? Capitão Gancho. 

Agora, riu-me ou fico preocupada? 

quarta-feira, 4 de junho de 2014

No silêncio do Alentejo






Estava a precisar de recarregar baterias. O silêncio do Alentejo foi o spot perfeito para conseguir aliar esse objectivo ao sol, piscina, campo e momentos a três para recordar mais tarde. No Monte Góis Country House, em Almodôvar, encontrámos todos estes ingredientes. O espaço é fantástico, na linha do familiar/rural. Poucas pessoas, muita natureza e uma paz total. Duas piscinas fantásticas, que fizeram as delícias do R. 

Um único senão: a 13 km da vila mais próxima (Almodôvar) e sem serviço tipo hotel, o que significa que só houve jantar no monte num dos dias. Nos outros foi preciso vir à vila jantar e o almoço teve que ser improvisado com compras feitas a priori no Pingo Doce local. 






O R. numa das piscinas, mais "normal". 


O caminho para os quartos




A outra piscina, com uma paisagem espectacular...



Família em modo Paez .... do mais confortável que há.



O quarto




Um passeio pelo campo, pontuado pela visita de uns cavalos que deixaram o R. num excitex...

O que a Ema veste...#15

7 meses...





Fofo: Laranjinha
Body: Pó de Talco
Gancho: Chica Melância (presente da madrinha)

domingo, 1 de junho de 2014

O incomodo da inocência

Estamos em final de mini-ferias, depois de três semanas sem tempo para respirar, muito menos para vir aqui. Montes de coisas para vos mostrar e contar. Mas esta de ontem tem que ficar registada antes que me esqueça. 

A inocência dos seus dois anos e meio não permite perceber quando deve ficar calado. Ontem, na piscina, um menino de oito ou nove anos, meio gordito, apareceu ao pé dele. Intrigado, o R. Vem a correr ter comigo e questiona alto e bom som: 

- mãe, porque aquele menino tem maminhas grandes?!!!

Em vez de corar de vergonha, aquilo deu-me uma vontade de rir que foi muito difícil controlar. Enquanto tentava calá-lo ou ignorar, ele insistia. O A. Ficou furioso com o meu ataque de riso - com razão, eu sei - mas estava a ser mais forte que eu. 

O que se faz nestas situações ?!!!!