quarta-feira, 29 de julho de 2015

"Estou aqui"

O programa "estou aqui", da PSP, está a ser novamente um sucesso. Para nós pais deve ser um motivo de orgulho, porque apesar de não nos desresponsabilizar, ajuda-nos a manter a calma num momento que é sempre de desespero. 

Há muitos anos no México, quando saía do parque de XCaret, encontrei um menino perdido no parque de estacionamento. Chorava e chamava pela mãe. Num espanhol atabalhoado consegui acalmá-lo e entrar novamente com ele no parque à procura dos pais. Não o larguei até os encontrar e o meu coração ficou minúsculo quando assisti ao reencontro. O alívio de parte a parte supera tudo!

Morro de medo que aconteça comigo. Mas com a pulseira "Estou Aqui" sei, pelo menos, que se alguém de boa fé encontrar o meu menino perdido, tem ali uma ferramenta que permite entrar imediatamente em contacto comigo. Pedi quando fomos para Porto Sabro. Demorou uma semana e não a largou mais. 




terça-feira, 28 de julho de 2015

A miúda troca M por B...e vice versa

Ora então.

Mais é Bais
Mergulhos- Bagulhos
depois Benfica (sim, ela diz esta palavra, socorro) Menfica
Macaco- bacaco
Boneca-muneca
Manteiga -banteiga
Maraca ( trouxemos da república dominicana) - buraca

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Tenossinovite de Quervain

OU mais simples: a tendinite das recém-mamãs. Começou com uma dor fininha, a limitar um bocadinho os movimentos, mas nada de especial. Quando foi do R. também me aconteceu e ainda tive que usar uma mão elástica, mas como era na esquerda acabou por passar com o tempo.


Desta vez o caso está mais grave. Atacou o pulso direito e, pior, numa fase em que já estou a trabalhar. Resultado: não descanso o pulso, porque passo o dia a teclar no computador. Em casa volto a não descansar, porque qualquer movimento que implique usar o pulso nesta fase me dói. E se nunca deram conta da quantidade de movimentos que fazem durante o dia com esta zona do corpo, experimentem ter uma tendinite que vos provoca dor em cada um deles para perceberem que todas as pequenas coisas do quotidiano implicam mexer o pulso. Lavar os dentes, escovar o cabelo, apertar ou desapertar o soutien, ir à mala buscar o telemóvel, rodar a chave na ignição, trocar a fralda da C., apertar os sapatos ao R. Movimentos que me provocam uma dor constante.

Comecei a fisioterapia há uma semana. Ultrassons, massagens, choques.. tudo em nome de ficar melhor. Mas não há meio disto dar resultado. Ao que parece, só o repouso ajuda, o que com um bebé em casa e um trabalho que implica teclar muito não vai acontecer!




quinta-feira, 23 de julho de 2015

Conversas por casa...

Ela: O mam ( mano) tem piloca. O cacardo (Ricardo) tem piloca. A ima tem piloca...pode ser, mama?

Andamos nesta fase da anatomia...um bocadinho precoce, mas pronto

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Camila: seis meses

Já se senta. Ri à gargalhada. Chucha nos dedos dos pés. Come sopa e fruta como se o mundo fosse acabar no minuto seguinte. Continua careca. Faz refegos nas pernocas gordas. Já interage muito com os brinquedos. Abre um sorriso do tamanho do mundo quando acorda de manhã e vê o mano. Dorme toda a noite. Biberão só morno. Já não quer maminha da mãe:( 

Passaram seis meses. Seis meses que ela encheu a nossa vida de laços e folhos. Que se tornou uma menina doce, bem disposta e super tranquila.

62 cm de gente, com 6kg. Um amor infinito.


sexta-feira, 10 de julho de 2015

Desfralde...missão cumprida!

Há uma semana que a minha boneca não usa fraldas de dia e há 3 dias que não usa durante a noite.  Sempre achei que ela era despachada, mas confesso que não estava à espera que aos 20 meses cortasse relações de forma tão definitiva com as fraldas...mas, tenho de me render às evidências, qualquer dia já não tenho uma bebe em casa.

quinta-feira, 9 de julho de 2015

O batizado real

A Charlotte estava linda no seu vestido de batizado, que já pertenceu ao pai. O George estava um gato, como sempre (podia vir a ser meu genro, não me importava))).Seja o R. com a Charlotte ou a C. com o George, tenho duplas hipóteses de vir a ser sogra nesta família real:)))









quarta-feira, 8 de julho de 2015

terça-feira, 7 de julho de 2015

O que a mãe veste #1

Não é preciso ter um corpo fabuloso para nos sabermos vestir bem. Não é preciso 1,80 de altura para fazer boa figura nuns looks bem compostos. Adoro ver e cuscar os looks de mulheres reais, como nós. Que conjugações fazem, a que peças não resistem, que acessórios usam. Por isso, vamos aqui inaugurar a nossa própria rubrica de mum's look.




Top - Bus Urban Wear (adoro os pormenores nas costas e a renda no peito)
Saia comprida - Sahocco

domingo, 5 de julho de 2015

sábado, 4 de julho de 2015

Vamos dar comer às cabras

Começaram as férias e, por isso, é preciso arranjar mil e uma actividades para manter os miúdos ocupados. Quem tiver a sorte, como eu, de viver junto à praia já tem metade do tempo ocupado, porque com o calor que tem estado, nada como os deixar horas a fazer castelos na areia, piscinas à beira mar ou simplesmente jogar à bola ou atirar o disco. Mesmo quando não apetece ir sujar os pés na areia, as esplanadas com muito espaço também são uma ótima opção.

Mas como nem só de praia se vive nas férias, deixo-vos aqui uma sugestão bem gira para levar os miúdos. Nós fomos no outro dia, com um amiguinho do R., e eles adoraram. Nos Viveiros Batalha, numa estrada que liga Ericeira a Mafra, mais concretamente em Pinhal dos Frades, há um paraíso escondido. Já ali tinha ido dezenas de vezes comprar plantas para o jardim, mas nunca me tinha apercebido do zoo exótico que ali estava a nascer.


No fundo, não é mais do que um espaço onde os miúdos podem dar de comer às várias cabras que por lá há, ver as dezenas de espécies de galinhas que eles têm (algumas totalmente exóticas), deliciar-se com os pavões e as suas penas e apreciar os patos no lago.

Dar de comer às cabrinhas é assim... a loucura. Cada saquinho custa 50 cêntimos e é só o que pagam para ficar ali com os miúdos, ver o espaço e alimentar as ditas cabras. O R. delirou. Já sabia os nomes do Caramelo e da Rosinha. Saltava e gritava para elas virem ter com ele e não teve medo nenhum de deixar a mão para elas virem comer.





Um dia destes voltamos lá... parece-me ser programa sempre com sucesso garantido!


sexta-feira, 3 de julho de 2015

Etapas...


Hoje, pela primeira vez na tua vida, saíste à rua sem fralda. Desde que fizeste chichi no 'pénico', que em casa andas sempre de cuecas. Adoras, pedes e depois de dois ou três deslizes (tivemos um coco no chão, mas só um), a coisa tem corrido bem. Hoje não quiseste pôr a fralda...nunca queres, mas para sair não te tenho dado outra opção. Mas hoje fincaste o pé, como tens feito em muitas outras coisas. És teimosa, determinada e persistente. Esta manhã fizeste várias birras, travámos algumas lutas e eu deixei-te ganhar a da fralda. Foste de cuecas e eu a rezar a todos os santos para 'por favor, faz em qualquer sítio, menos no carro'.  Não fizeste nem no carro, nem na roupa... passaste com distinção este primeiro teste. E eu fiquei orgulhosa. Estás uma despachada....muito espevitadinha e muito senhorinha do nariz, às vezes demais, mas cá estamos para te domar. Noutros dias...hoje foi só elogios e palminhas. Adoras. Antes de domir pus-te a fralda, não querias, mas não fizeste muita guerra.  Se calhar ainda não te sentes segura, ou eu pus-te insegura quando te disse que não queria chichi na cama.  Desculpa.  Mas ainda hoje esteve cá a empregada, trocou lençóis e não me apetecia nada andar mudar camas durante a noite.  A verdade é que a tua fralda de manhã está sempre sequinha e se calhar nem ias ter nenhum deslize...mas, pelo sim, pelo não, tenho de me lembrar de comprar resguardos.

O que a Camila veste #15

A maioria dos presentes que a C. recebeu no batizado foram de uma loja que eu adoro: a Little Wings. A coleção é super clean, mimosa, tal como eu gosto. Ainda por cima é fisicamente na Ericeira, o que facilita.

Este fofo de malha é das peças mais bonitas desta coleção, mas há todo um mundo de coisas giras. Aliás, como podem ver aqui, aqui ou aqui.

Nas próximas semanas vou mostrando os presentes todos à medida que ela for vestindo. 





Fofo e chambre: Little Wings