segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Primeira visita às urgências

Aos quinze meses e mesmo no finalizinho do ano de 2012, baby R. visitou as urgências pediátricas:( A febre não passava desde quinta-feira, o nariz continuava entupido, a tosse era muito incomodativa e as energias de senhor terrorista estavam muito em baixo. Cá por casa não se dorme tranquilamente desde quinta-feira e o pediatra achou melhor ir às urgências. Acabámos de chegar do Hospital Amadora-Sintra e baby R. está agora tranquilamente a dormir na sua caminha.

Neste último dia do ano, volto a louvar o SNS. Fomos para o Amadora-Sintra porque a minha amiga N. é lá enfermeira e quando lhe liguei disse logo para ir lá, apesar de não ser o nosso hospital de residência. Fomos super bem atendidos e em menos de duas horas estávamos totalmente despachados. R. portou-se bem, deixou o doutor auscultá-lo, ver a garganta, os ouvidos.... só não gostou dos aerossóis. Diagnóstico? Uma inflamação na garganta e nariz congestionado, mas nada de especial. A febre deve desaparecer, é só continuar o ben-u-ron. Quanto ao resto, não dar Bissolvon, como nos tinham dado na farmácia, porque não é indicado para a idade dele, parar também as gotas para o nariz e pôr apenas soro, muito soro. Quanto ao mais, traz apenas umas ampolas para fazer dois dias de aerossóis e espera-se que fique fino. O certo é que depois dos aerossóis lá no hospital, está a dormir sem qualquer sinal de constipação e ainda não tossiu em quase uma hora....

No final do ano, volto a dar graças a Deus por ele ser um menino tão saudável! E em jeito de balanço, porque acho que não vou ter tempo de vir cá durante o dia de amanhã, posso dizer que 2012 foi o ano em que me senti mais abençoada pela vida que tenho e pelos problemas que não tenho. Aconteceu tanta coisa má à minha volta, tantos amigos com situações difíceis, tantas tragédias familiares.... e eu continuo a ter um "mundo cor-de-rosa". Às vezes tenho medo que não seja para sempre e sei que não será, mas enquanto der para ser, é bom que o senhor lá de cima deixe... a gerência desta família agradece!

Bom ano 2013!

sábado, 29 de dezembro de 2012

Os brinquedos preferidos da princesa

À semelhança do ano anterior o Pai Natal veio recheado de brinquedos e roupinhas lindas para a princesa V. Abrimos as prendas à meia noite na casa dos meus tios e ainda deixamos algumas na nossa árvore para abrir no dia 25 de manhã. Foi muito giro! A V. adorou a excitação dos presentes :=)
Com a chegada de novos brinquedos houve algumas alterações no que diz respeito a preferências. Agora o Top 3 cá em casa é:

A Mini Cozinha Gourmet da Miele, que os papás ofereceram!


Os Pinmulti-up da Imaginarium, que a Titi deu! 75 peças que a V. espalha por todo o lado e que agora ganham aos mega blocks ;=)




E o serviço de chá, oferecido pela L. (adora! Anda sempre a servi chá e bolinhos!)



 

Baby R. vestido by Zara

Se o Pai Natal se foi abastecer à chicco para trazer a maioria dos presentes do R., foi igualmente abastecer-se à Zara para lhe trazer o guarda-roupa.



Falta um casacão de malha branco sujo, super fofo e quentinho, mas não encontro a foto!





sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

O stress do Natal

Este Natal foi só stresses... Primeiro o stress das prendas. Dia 20 sem nada comprado, ou seja os dois primeiros dias das férias foram passados entre o Oeiras Parque, o CascaiShopping e o El Corte Inglés. Depois o super stress da roupa do dia 25. Para não fugir à regra, aqui a May Mom também encomendou o seu kit My Mini & Me que chegou no dia 23 ao final da tarde. E não é que a camisa não me servia!!! Não sei o que aconteceu... qualquer coisa, não interessa, mas a camisa estava apertada! Socorro!!! Liguei logo para a M., da My Mini & Me, e contei o que se passava. Resposta rápida "Vamos tentar resolver. Não se preocupe." E assim foi no dia 24 o meu kit voltou para a costureira e ao final da tarde estava pronto. Aqui fica o meu obrigada à M. pela sua simpatia, pelo seu profissionalismo e pelo excelente trabalho. No dia de Natal eu e a V. estávamos lindas ;=)) 



Baby R. está doente...

O meu baby está doentinho... passou a noite cheio de febre, chorão, ranhoso e cheio de tosse. Resultado: ninguém dormiu lá em casa e ele próprio não conseguiu descansar. O Ben-u-ron faz efeito durante umas horas, mas quando começa a passar o efeito, eis que a febre ataca novamente... Por azar, hoje não podia mesmo faltar ao trabalho, porque estou sozinha e tenho um texto gigante de perspectiva política para 2013 para deixar pronto... Ficou o pai com ele, mas eu estou aqui em pulgas para sair cedo e ir abraçá-lo!!!

O problema é que com quase uma directa em cima, a minha inspiração para um texto destes é igual a zero!!! Não me sai nada de poético ou mais literário como se deseja nestas alturas, já que olhar para 2013 é um exercício negro só por si e, portanto, não precisa de mais nebulosidade linguística em cima! Help me!!!

Natal by Mini & Me

No dia de Natal fomos almoçar a fazer "pendant", graças à My Mini & Me


O nosso Natal

Foi muito bom. Baby G. portou-se lindamente. Dormiu um pouquinho à hora de jantar e depois esteve até à uma da manhã no meio dos presentes...nunca pensei que ele já gostasse tanto. Adorou os embrulhos, rasgar o papel e brincou com tudo. Estava entusiasmado e feliz. Os presentes que mais gostou foi o School bus que a avó ofereceu e a pista de comboios que os papás deram. Para a noite , escolhemos um kit a fazer pendant da My mini & me. Adorei. 





 Brinquedos de madeira para encaixar presente da tia. Ele adorou.


O school bus que ele conhece por autocarro.


A brincar no dia 25

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

R. vibrou com o presente dos papás

Oferecemos-lhe um carro eléctrico e ele vibrou. Meteu mudanças, sentou-se ao volante, saltou, carregou no pedal... em uma palavra: AMOU!



Audi eléctrico - Toys r'us

Parabéns MÃE!

Onde quer que estejas PARABÉNS!!! Hoje é o teu dia e sempre será... Para mim têm sido dias de profunda tristeza. O Natal perdeu toda a magia... Sinto a tua falta, sinto saudades, muitas saudades, e sinto-me muito em baixo. Amo-te muito e dava tudo para te poder abraçar e dar-te mil beijinhos neste dia tão especial... 

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Gostamos de dias assim...

Acordámos às 10:15, não foi seguido, durante a noite houve umas interrupções, mas só nos levantámos a essa hora. Tomámos o pequeno-almoço, brincamos com os brinquedos novos e depois...rua! Como eu e ele gostamos. Vestimos o casaco e a camisola que a madrinha deu...


e fomos à praia...Baby G. sai à mãe e A-DO-RA! 







O Natal do R.

E já se passou mais um Natal, não é verdade?!!! Andámos semanas a pensar neste dia, montamos a árvore, compramos os presentes, encomendamos os doces, escolhemos as ementas, sonhamos com o que nos vai calhar no sapatinho e com a reacção que os nossos presentes, escolhidos carinhosamente, vão provocar em quem os recebe. Depois, assim em umas horinhas, pufff, acabou! É sempre assim que me sinto quando o Natal acaba... pufff, já está:(

Este ano o Natal foi ainda mais especial... o R. já vibrou com alguns presentes e achou graça aos primeiros embrulhos que rasgou. Os brinquedos que o Pai Natal trouxe têm feito as delícias dele e quer-me parecer que já começa a entreter-se mais do que era normal até aqui. Logo, logo, virei aqui mostrar algumas das coisas que ele recebeu. Por hoje, fica o presente do padrinho - uma mesa com peças para encaixar e dois banquinhos - que montámos no quarto dele e que foi o primeiro sítio para onde foi quando acordou pela manhã, no dia 25. Também os livros que recebe e o computador que a madrinha deu....


Ele portou-se lindamente. Adormeceu assim que abriu os presentes às 23horas e esteve sempre super bem disposto. Adora os primos, com 9 e 13 anos, respectivamente, e é muito bom vê-lo andar atrás deles em busca de atenção. Apesar de ser um terrorista eléctrico, tem um lado muito meiguinho e passou o tempo a dar-lhes abracinhos e a pedir colinho!

domingo, 23 de dezembro de 2012

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

A Festa de Natal!

Ontem foi a festa de Natal na escolinha da princesa V.! Foi tão giro, mas tão giro que nem sei por onde começar este post... 
Ok... Primeiro digo-vos que é uma emoção enorme vermos a nossa baby em palco. Sei lá... ficamos tão babados que quase temos de colocar uma babete :=) A festa começou com um filme do making of da peça de teatro. Neste filme vimos os meninos e as meninas de todas as salas a preparar o cenário e a fazer pinturas. Tão fofa a princesa V. a pintar um Sol com os amiguinhos! Depois do filme começou o teatro. Cada sala representava um dos quatro pontos do globo: Norte, Sul, Este, Oeste. E os quatro pontos juntavam-se no final em nome da união de todas as culturas. Houve música e muita dança. A V. é que, ao contrário do habitual, não dançou nada! Ficou parada em palco a ver os outros meninos e a abanar o vestido (era um vestido amarelo em plástico! Os babies da sala dela estavam vestidos de Sol). Ao final da tarde ainda tivemos direito a um super lanche na escola e no final recebemos uma pasta com os trabalhos que a princesa já fez na escola e com a avaliação do primeiro período! Mas isso fica para outro post. Agora deixo-vos algumas imagens da festa e também as duas prendinhas que recebi ontem, Made by princesa V., claro :=)).



Os babies a pintar o sol! (isto é uma foto tirada ao filme, por isso não está lá grande coisa)


A princesa vestida de Sol



O nosso postal de Natal, pintado com os deditos da V. 



E o nosso presente, made by V. - um íman de frigorífico 

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Traquinices by baby G. # 2

A última moda é andar à roda dele próprio. A-DO-RA. Ri-se. Cai. Ri-se ainda mais. E vai mais uma voltinha. E é esta a nossa vida. Também lhe deu para andar para trás e deitar-se no chão. Não interessa se está em casa, no café ao no shopping. As meninas gostam de se meter com ele, quando vou a ver lá vai ele de mão dada com elas e passado uns minutos está deitado no chão e elas sentadas ao lado  Ah e quer arrastar tudo pelo chão: sacos, presentes, e tudo o que estiver à mão.. Hoje a vítima foi a minha mala. Estava deliciado.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

O circo foi um sucesso!

Afinal correu super bem!!! Começou um bocado mal porque chegamos super atrasados e já não vimos os leões, mas tirando isso foi óptimo. A princesa portou-se lindamente, esteve muito atenta a tudo, tinha os olhos tão abertos que nem pestanejava, e até batia palminhas. Primeiro quis ficar ao meu colo, depois lá foi para a cadeira no meio da mamã e do papá e no final já estava tão ambientada que queria ir sozinha para a fila da frente :=))) Enfim, foi uma tarde divertida e diferente!








Anatomia de Grey

Sempre esteve no top das minhas séries favoritas. As duas primeiras temporadas são fenomenais, fantásticas, maravilhosas... Para quem, como eu, trabalha em guionismo são mesmo uma verdadeira escola. Os textos são óptimos, perceptíveis fluídos, com ritmo e muita piada. Da terceira até agora houve episódios bons, maus, péssimos, mais ou menos. Já não era aquela coisa tenho mesmo de ver o próximo episódio, não posso perder, mas sempre foi uma série gira de acompanhar e os finais de temporada eram sempre BRUTAIS. A Shonda Rhimes é muito boa a fazer finais de temporada: na quinta temporada ficámos sem saber quem morria: a Izzi ou o O'Malley; na sexta,  houve o tiroteio no hospital, nesta última foi uma queda de avião...enfim ficava sempre com vontade de ver o que aí vinha. E desta vez não foi excepção. Como andava com pouco tempo, só agora consegui e foi uma desilusão.  SPOIL ALERT, para quem ainda não viu, não leia agora: então a Lexie tinha morrido no último episódio da 8ªtemporada, agora na nona,o Sloan morre, a a Arizona fica sem uma perna, a Yang vai para outro hospital e nenhum deles consegue andar de avião. Acabei de ver dois episódios - só consegui ver esses- a única palavra que me ocorre é DEPRESSÃO. Fiquei com uma sensação pesada, angustiante, triste.  Não me apetece voltar a ver. Para mim, Anatomia de Grey era uma diversão, era o Mcdreamy, o Mcsteamy...eram as frases giras e que nos faziam pensar, era a lágrima no canto do olho quando a Meredith construiu uma casa de velas para o Derek....

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

O regresso à Parfois

Já andava há algum tempo a querer comprar uma carteira nova. Estou farta de malas de mão. Acho lindas, e tenho umas quantas, mas sinceramente com a princesa ao colo, a mochila dela, os casacos, às vezes o carrinho, enfim a tralha toda, não dá jeito nenhum ainda ter o malote na mão. Precisava de uma mala que desse para pôr ao ombro e se possível também com alça tiracolo.
Ontem andávamos a passear em Cascais e reparei na montra da Parfois. Pensei: "Deixa lá ver se me safo aqui". E não é que tinha malas bem giras. Já não comprava lá nada há muito tempo, mas ontem comprei! Encontrei mesmo o que precisava por apenas 23€!!! Essa foi a parte melhor :=) É que depois de dois Natais a ter uma Furla no sapatinho chegou a hora de optar por algo mais em conta :=) E voilá... aqui está a minha nova aquisição:


Além das alças serem como eu queria, tem outra particularidade fantástica: dentro tem uma bolsa que podemos tirar e colocar noutra mala o que facilita quando queremos trocar de carteira e estamos com pressa! Para não ser sempre castanho desta vez optei pela cor mostarda. 







Sem palavras...

Foi assim que fiquei quando ouvi a notícia do massacre de Newton, em que um louco entrou numa escola primária e atirou indiscriminadamente sobre crianças e professores. Fiquei emocionada, fiquei com um nó na garganta, fiquei com um sentimento que não consigo descrever. Uma angústia que é maior quando temos filhos pequenos. Quando pensamos que aquilo nos podia acontecer a nós. Quando pensamos que não os conseguimos proteger de nada, por muito que acreditemos que sim. E que isso é o mais assustador de tudo.

Não consigo imaginar a dor daqueles pais, não consigo imaginar a dor e o susto daquelas crianças, as que foram e as que sobreviveram. Não consigo imaginar o pânico daqueles professores. Não consigo imaginar o que sentiu aquela professora que escondeu 17 crianças e enfrentou o assassino, salvando-as, mas morrendo ela. Penso que se um dia aquilo me acontecesse, queria que o meu filho tivesse aquela professora na sala. Não consigo imaginar como é que o pai de uma das crianças mortas consegue enviar condolências à família de quem lhe tirou a filha para sempre. Sei que devia conseguir, sei que a isso se chama compaixão, sei que esse é o perdão que nos ensinam que devemos dar a todos, mas eu não consigo...

E mais do que tudo, não consigo imaginar o que passa pela cabeça de um miúdo para fazer uma barbaridade destas. Que mundo é este? Que gente é esta? E que país é aquele em que volta e meia coisas destas acontecem? Não são eles os mais civilizados do mundo, não são eles o exemplo da modernidade, da liberdade... Como é que depois de todos os massacres destes género que têm tido, não conseguem ser unânimes na mudança de uma lei que permite a crianças de 16 anos comprar uma arma? "Não podemos tolerar mais episódios como este", disse Barack Obama... o pior é que têm vindo a tolerar e isso é inaceitável, porque nada foi feito para os impedir.




Adoro vê-lo de jardineiras...





sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Ups...

Quando ainda nem a meio do mês chegámos e já recebi um sms da Tmn a dizer que gastei 90% do meu saldo...isso quer dizer que ando a falar muitooooo. E ainda nem chegámos ao Natal, ainda não mandei mensagens a ninguém e por este andar vou chegar a 24 de Dezembro sem saldo. Vai daí acho melhor desejar já as boas festas já a todos. Já sabem, se não receberem uma chamada minha ou um sms... a culpa é da TMN.

O circo

Este sábado vamos ao Circo Cardinali com a princesa V. Um clássico na época do Natal. Para ser honesta odeio ir ao circo, não gosto mesmo nada. E palhaços? Ainda odeio mais, não acho graça nenhuma. Claro que se falarmos em Cirque du Soleil a conversa é outra... Mas a minha prima ligou-me a dizer que tinha bilhetes e perguntou se queríamos ir todos juntos. Primeiro não fiquei muito animada, mas depois pensei que a V. talvez gostasse de ver os animais, os trapezistas, os "chatos" dos palhaços... enfim achei que podia ser uma boa ideia e por isso amanhã lá vamos nós. Será que vai correr bem?  Não sei. Tenho algumas dúvidas, entre elas será que a V. aguenta estar quieta e sentada mais de 5 minutos?! Não me parece... a ver vamos. Prometo que depois  conto tudo!  

Ando desaparecida...

Eu sei. Mas depois de mais de um ano a escrever uma novela e dos últimos meses bastante intensivos, a trabalhar fins-de-semanas e feriados, a escrever, a pensar, a criar, a ligar o computador às 10 da manhã e a desligar por volta das duas...a verdade é que agora nem sempre me apetece escrever.  Em casa de ferreiro, espeto de pau, bem diz o povo. E nestes dias de férias, sabe bem ligar o computador só à noite ou nem ligar. Tenho aproveitado para passear, andar ao ar livre, quando o tempo permite, começar algumas comprinhas de Natal (baby R. foi o primeiro, mas baby V. também já tem presente) e acima de TUDO, namorar MUITOOOOO o baby G. Muito mimo, muitos beijos naquelas bochechas, muitas cócegas, muitas gargalhadas. Estamos a matar saudades. E agora só dá mãe, quer que eu faça tudo, vem buscar-me para todo o lado só quer o meu colo. Só falta mesmo dizer mamã. Eu bem tento, mas nada...ainda não diz nada. Com uma mãe faladora como eu...não sai a mim.  E tem sido esta a nossa vidinha. Entretanto o meu papi foi operado hoje, correu tudo bem e ele estava super bem disposto. Obrigada pelos telefonemas e pelas mensagens.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Natal Louboutin

Qual é a árvore de Natal mais fashion do mundo, qual é?  


Árvore de Natal feita, em exclusivo, com os Louboutin Pigalle de sola vermelha, na montra da loja em Paris.





Eu quero # 5

Bem que esta mala podia vir morar lá para casa! É gira, prática e dá com tudo :=) Só é pena custar uma fortuna!

Carteira Michael Kors


Chocolate Inca... quero muito!

Querida Nestlé, estou aqui hoje para te fazer um pedido especial. Nos saudosos anos noventa, quando eu era uma menina, vestia meias pelo joelho e tinha farripas a fazer de franja, vendiam-se no bar da escola uns chocolates maravilhosos que davam pelo nome de "Inca". Os meus preferidos eram os brancos, que se vendiam numa embalagem azul. Mas nisto do chocolate nunca fui esquisita, portanto, também me deliciava com os de chocolate de leite ou chocolate negro... Acontece que de um momento para o outro, deixaste de fabricar estas delícias dos deuses e hoje estávamos numa de recordações de coisas boas da infância e lembrei-me dos "Inca". Bateu uma saudade... fiquei logo de água na boca e resolvi escrever-te esta carta. Como é Natal e podemos pedir tudo o que nos apeteça, aponta o meu sff!


Oficialmente Desesperada!

O Natal é daqui a 11 dias e eu não só não entrei no espírito natalício como ainda não comprei nada, rigorosamente nada! Fiz a árvore de natal e o presépio no primeiro fim-de-semana de Dezembro, como manda a tradição lá de casa, mas sinceramente às vezes até me esqueço de acender as luzinhas... parece que a árvore está ali mas não está a fazer nada. Preciso de entrar na "onda" Natal urgente! Eu que era uma fanática do Natal estou neste estado :=(((
E depois ainda não comprei nada de presentes, nem tão pouco tenho ideias... Tirando os meus sobrinhos, que já sei o que quero comprar, não pensei em mais nada: afilhado G, R., primos, My Love da minha vida... nada... E o pior é que acho que não vou ter hipótese de ir ao shopping antes das minha férias, ou seja, antes do dia 20!!! 

Baby R. foi cortar o cabelo!

Chegou, não se riu para ninguém, olhou para todo o lado e ficou com ar muito sério enquanto a cabeleireira lhe borrifava o cabelo. Ela cortou, cortou, acertou... virou para um lado, virou para o outro e ele não deixou transparecer um sorriso. Rosto fechado, muito intrigado, mas sempre bem comportado. No final, o resultado foi um baby R. com cabelo à rapazinho, sem pontas espetadas e de franja cortada. Obrigada às meninas do Essentials Day Spa Ericeira!



Zilian a 50%

Já compraram todas as prendas de Natal? Já compraram as botas ou os sapatos ideais para calçar com a roupa de Natal? Então, estão à espera do quÊ? Esta sexta-feira a Zilian celebra os 60 mil fãs no facebook com uma promoção de 50% em todos os sapatos e carteiras...



terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Que ideia a minha...

Ontem tive uma daquelas ideias mesmo estúpidas. Quando cheguei a casa fui tomar um super banho e lavar o meu cabelo, que já precisava. Ora até aqui tudo bem... o problema foi no fim quando me deu a preguiça e resolvi não secar o cabelo com o secador. Pensei: "Deixa lá ver como é que fica sem secar". Estúpida, mil vezes estúpida. Claro que ficou horrível!
Não sou escrava da escova e do secador (nem quero ser!) mas é um facto que o meu cabelo fica bem mais giro quando dou um jeitinho depois do banho. Tenho o chamado "cabelo rebelde"! Não é completamente aos caracóis, nem nada que se pareça, mas tem ondulação e muito, muito volume. No verão não estou para me chatear, especialmente na altura da praia em que lavo o cabelo todos os dias. Mas no inverno normalmente seco com o secador e arranjo com a escova só a parte da frente. Agora então, depois do mega corte, é imprescindível fazer isso. Ontem é que achei que não... e deu asneira. Por isso hoje no nosso encontro gossipmommies não reparem no look ;=) Está mais ou menos assim como o desta senhora!


P.S: Como eu gostava de ter sempre o cabelo esticado... Alguém já fez escova marroquina??? Dizem que se pode fazer em cabelos com madeixas ou pintados (ao contrário do alisamento japonês) e que fica super bem. Conhecem esta técnica??? 




Xarope

Como é que vocês fazem? Baby G. tem de tomar Actifed e tem sido um filme de terror. Não quer. Não abre a boca. Chora. Eu já tentei TU-DO. Falei. Expliquei. Mandei. Ameacei. Fiz chantagem. Recorri à força, leia-se: agarrei no queixo e tapei o nariz. Com a colher, com a seringa. NADA. É um festival. Conclusão, bebe sempre menos do que a dose recomendada e em vez de melhorar está mais fanhoso.  Alguém tem uma técnica  'fabulásctica'?  

domingo, 9 de dezembro de 2012

R. ajuda a fazer a árvore de Natal

Todos os meus medos em relação a ter uma árvore de Natal com um pequeno terrorista a correr pela casa, desapareceram nos últimos dias. Baby R. não só ajudou a montar a árvore, fazendo questão de dar ele as bolas para a mamã e o papá pendurarem, como volta e meia fica a olhar para ela muito intrigado com as luzes a piscar. Não vou mentir que os enfeites que estão ao alcance dele, volta e meia estão em cima do tapete, mas como são anjinhos de feltro e bolas de pêlo, não há drama! E quando se farta e eu digo que é para colocar na árvore, ele tenta pendurá-los novamente!


sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Just like Mom!!!

É caso para dizer "UAU"...
É que a princesa agora aprendeu a dizer Uau e está sempre "uau" para cá e "uau" para lá...